[NOTÍCIAS DA IGREJA]

Papa pede cristãos que escutem a Palavra de Deus e não cristãos “insensatos”

Na homilia da Missa celebrada na Casa Santa Marta na manhã de hoje, o Papa Francisco fez um apelo a não cair na “insensatez”, que consiste na incapacidade de escutar a Palavra de Deus e conduz à corrupção.

Seguindo a leitura do Evangelho do dia e da primeira Carta de São Paulo aos Romanos, o Santo Padre identificou três grupos mencionados no Evangelho como “insensatos”, pois se deixaram arrastar para a corrupção.

Por um lado, assinalou os doutores da Lei, que “tornaram-se corruptos porque se preocupavam apenas em embelezar ‘o exterior’ das coisas, mas não aquilo que estava dentro, onde está a corrupção”. Eram, portanto, “corruptos pela vaidade, pela aparência, pela beleza exterior, pela justiça exterior”, explicou o Papa.

Em segundo lugar, o Pontífice citou os pagãos, “corruptos da idolatria, porque trocaram a glória de Deus pelos ídolos”. Francisco assinalou que existem também idolatrias de hoje, como o consumismo, ou procurar um deus cômodo.

Por último, também destacou como insensatos que caem na corrupção os cristãos que se deixaram corromper pelas ideologias, ou seja, deixaram de ser cristãos para serem “ideólogos do cristianismo”.

Esta insensatez mostrada pelos três grupos consiste em “não escutar, em uma incapacidade de escutar a Palavra, quando a Palavra não entra, eu não a deixo entrar porque não a escuto”.

“O tolo não escuta”, disse o Santo Padre. “Ele crê que ouve, mas não ouve, não escuta. Fica na dele, sempre. E, por isso, a Palavra de Deus não pode entrar no coração e não há lugar para o amor. E quando entra, entra destilada, transformada pela minha concepção da realidade. Os tolos não sabem ouvir. E esta surdez os leva à corrupção. Quando não entra a Palavra de Deus, não há lugar para o amor e, enfim, não há espaço para a liberdade”.

O Papa finalmente convidou os presentes a se perguntar: “Eu escuto a Palavra de Deus? Eu a deixo entrar?”.

Evangelho comentado pelo Papa Francisco:

Lc 11, 37-41

Naquele tempo, 37enquanto Jesus falava, um fariseu convidou-o para jantar com ele. Jesus entrou e pôs-se à mesa.38O fariseu ficou admirado ao ver que Jesus não tivesse lavado as mãos antes da refeição. 39O Senhor disse ao fariseu: “Vós fariseus, limpais o copo e o prato por fora, mas o vosso interior está cheio de roubos e maldades. 40Insensatos! Aquele que fez o exterior não fez também o interior? 41Antes, dai esmola do que vós possuís e tudo ficará puro para vós”.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/papa-pede-cristaos-que-escutem-a-palavra-de-deus-e-nao-cristaos-insensatos-94649/