[NOTÍCIAS DA IGREJA]

Furacão Irma: Católicos cubanos pedem proteção à Virgem do Cobre ante ameaça

Ante a ameaça do furacão Irma, os católicos cubanos residentes na ilha caribenha e no estado da Florida, Estados Unidos, rezaram pela proteção da Virgem da Caridade do Cobre no dia de sua festa celebrada na sexta-feira 8 de setembro.

Conforme informa um jornal local, esse dia em Havana, milhares de pessoas peregrinaram à Igreja de Nossa Senhora da Caridade em meio de cantos, orações e pétalas de flores.

O Arcebispo de Havana, Dom Juan García, também participou da procissão e logo celebrou a Missa em homenagem à “Cachita”, a forma carinhosa que utilizam os católicos cubanos para chamar a Mãe de Deus.

Uma mulher de 82 anos chamada Estervina expressou que “vim a pedir por Cuba e por Miami. Meus dois filhos vivem na Florida e estou rogando para que a “Cachita” tenha piedade e dissolva o furacão”.

Por sua parte, ante o alerta da chegada do furacão à ilha na madrugada deste sábado, na localidade de Sola, localizada na província de Camagüey, os fiéis tiveram que adiantar a peregrinação para o dia 5 de setembro.

Esse dia levaram a imagem da Virgem da Caridade pelas ruas e se confiaram à sua proteção para que “não ocorra nenhuma desgraça lamentável”.

O Jornal El Nuevo Herald informou que devido ao perigo pelo furacão Irma, a Arquidiocese de Santiago de Cuba cancelou a tradicional peregrinação à Basílica Santuário Nacional de Nossa Senhora da Caridade do Cobre, que está localizada na cidade do Santiago de Cuba, na zona leste da ilha.

Esta foi a primeira vez em 100 anos que se interrompe esta prática religiosa tão estimada pela Igreja em Cuba.

Por outro lado, na diocese do Palm Beach, localizada na Florida, ontem celebrou-se a Missa em honra à “Cachita” na Paróquia Santa Juliana. Foi concelebrada pelo pároco, Pe. Ducasse François, e o Bispo, Dom Gerald M. Barbarito.

Ao início da Eucaristia, o Prelado expressou que “enquanto esperamos a chegada do furacão Irma confiamos nossas dioceses e todos os paroquianos à proteção maternal de Maria Santíssima”.

Até o momento o furacão Irma deixou 22 mortos e abundantes danos na sua passagem pelo Caribe.

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC por suas siglas em inglês) informou que em Cuba este ciclone chegou ao norte da ilha na categoria 5 e descendeu, há pouco, para a categoria 3. Entretanto sua intensidade aumentará quando chegar ao estado da Florida no domingo pela manhã. Diante deste perigo o governo deste estado americano ordenou a evacuação imediata de 5,6 milhões de pessoas.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/furacao-irma-catolicos-cubanos-pedem-protecao-a-virgem-do-cobre-ante-ameaca-44882/