[NOTÍCIAS DA IGREJA]

 

Campeões de voto reúnem-se em evento pró-vida e dão esperança em próxima legislatura

Entre os parlamentares brasileiros, por muito tempo, o tema da defesa da vida desde a concepção foi tratado como assunto de nicho, sobre o qual a maioria dos senadores e deputados preferia não falar publicamente – de modo a não se expor, para o bem ou para o mal – cabendo o protagonismo a apenas alguns poucos corajosos. Há, contudo, sinais claros de que isso mudará com a próxima legislatura. O furacão que atingiu em cheio o Congresso Nacional nas eleições de outubro, renovando-o como jamais havia acontecido desde a redemocratização, fez chegar à política nacional pessoas que não apenas “votarão junto” quando necessário, mas que abraçam com clareza a defesa dos direitos do nascituro e sabem muito bem do que estão falando, não limitando-se a genéricas boas intenções.

O Seminário Internacional de Defesa da Vida, ocorrido em São José dos Campos neste fim de semana, ilustrou de modo surpreedente essa nova realidade. Alguns dos maiores fenômenos eleitorais do último pleito foram até a cidade do interior paulista para tratar especificamente de luta contra o aborto, da ameaça do ativismo judicial, dos projetos de lei pró-vida que tramitam no Congresso e da importância das casas de acolhida que socorrem gestantes em situação de vulnerabilidade. Gr

Estavam lá a deputada estadual eleita Janaína Paschoal, autora do pedido de impeachment de Dilma Roussef e parlamentar mais votada da história das eleições legislativas no país; o senador eleito Eduardo Girão, empresário e líder pró-vida que derrotou o atual presidente do Senado numa vitória inesperada para muitos; e o deputado federal eleito Kim Kataguri, o mais influente líder do MBL no país.

Se considerarmos as outras lideranças pró-vida presentes, a importância do evento cresce ainda mais. Por exempo, o ex-deputado federal Luís Bassuma, autor do Estatuto do Nascituro, também esteve por lá, assim como vários dos expositores que, no mês de agosto, defenderam a vida diante do STF na audiência pública sobre a ADPF 442. Entre eles, Hermes Rodrigues Nery, do Movimento Legislação e Vida, Mariângela Cônsoli, a anfitriã, da Associação Guadalupe; Rose Santiago, do Centro de Reestruturação da Vida (CERVI); José Paulo Leão Veloso Silva, procurador pelo estado do Sergipe, padre José Eduardo de Oliveira, da diocese de Osasco, e dom Ricardo Hoepers, bispo da diocese de Rio Grande (RS).

Encontros como esse enchem de esperança aqueles que estão cansados de apenas se defenderem das agressões à vida e à família que chegam ao Congresso. É realmente possível acreditar que a legislatura que está para chegar deixará um consistente legado pró-vida e pró-família ao país.

Fonte: https://www.semprefamilia.com.br/blog-da-vida/campeoes-de-voto-reunem-se-em-evento-pro-vida-e-dao-esperanca-em-proxima-legislatura/