[NOTÍCIAS DA IGREJA]

50 mil pessoas pedem a prefeitura de Madri que coloque um presépio na Porta de Alcalá

O governo municipal do distrito de Salamanca em Madri (Espanha) aprovou uma proposta através da qual “apela a fim de que o órgão restitua a instalação do tradicional presépio na Porta de Alcalá, recuperando a ornamentação usada nos anos anteriores”.

Este pedido ao governo municipal vem da mobilização nas redes sociais e da assinatura de cerca de 50 mil pessoas em Change.org a favor de um presépio na Porta de Alcalá. Um pedido que, posteriormente, o partido político ‘Ciudadanos’ apresentou ante a Assembleia municipal e foi apoiado pelo PP no último dia 19 de dezembro.

O monumento emblemático da Porta de Alcalá está localizado no distrito de Salamanca da capital espanhola e nos três anos do governo de ‘Ahora Madrid’ (grupo Podemos) na capital, fizeram uma decoração de Natal sem símbolos religiosos.

Diante dessa situação, no ano passado e neste ano, centenas de cidadãos foram ao local para deixar um presépio ou uma imagem decorativa religiosa como sinal de protesto.

Este pedido, que finalmente foi aprovado, solicitava a recuperação do presépio na Porta de Alcalá e dizia que, “desde que ‘Ahora Madrid’ governa a Prefeitura Municipal, o Natal deixou de ser a festa de todos e começou a ser para poucos: as pessoas que insistem em negar e reescrever a realidade histórica e tradicional dessas celebrações”. Uma prova disso, destaca o pedido, é “que, no ano passado, centenas de cidadãos anônimos colocaram seus presépios na Porta de Alcalá como sinal do protesto devido o abandono do seu prefeito e por esquecerem seus sentimentos”.

A proposta, defendida por Miren Polo de Lara, porta-voz adjunta de Ciudadanos, destacou que ‘Ahora Madrid’ (grupo político relacionado a Podemos) “diz ao povo de Madri como devem comemorar o Natal. Os mesmos que defendem o multiculturalismo escondem o Portal de Belém”.

“Os vizinhos querem que a Porta de Alcalá comemore o Natal como fizeram até agora, é lógico que os seus representantes políticos canalizam essa realidade, este é o trabalho deles. Agora, precisam que a prefeita de Madri, Manuela Carmena, escute os madrilenos. Ela, que se declarou partidária das ideias participativas e do governo descentralizado, deveria liderar com o exemplo e recolher este pedido dos cidadãos e do Conselho Municipal”, declarou Luis Tejedor, iniciador do pedido em Change.org. para o site ‘Religión Confidencial’.

Tejedor também afirmou que planeja criar uma associação de vizinhos do bairro de Salamanca, para manifestar a sua opinião ante as instituições de Madri.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/50-mil-pessoas-pedem-a-prefeitura-de-madri-que-coloque-um-presepio-na-porta-de-alcala-75379/