[ESPANHA]

Palavra Viva e Tarraconenses frente a quarentena

Seguindo o exemplo do nosso patrono São Francisco de Assis, nos colocamos a disposição para ajudar as pessoas a passarem por este momento pela crise causada pelo Corona vírus, da melhor forma possível.

No dia 14 de março o governo espanhol declarou estado de alarme e impôs uma quarentena, obrigando todos os cidadãos a ficarem em casa e saírem somente para comprar suprimentos essenciais, tendo direito a irem somente em supermercados e farmácias. Desde então a Missão em Tarragona, aberta depois de junho de 2015, se colocou à disposição para atender as necessidades de pessoas que estão em torno da missão e principalmente as que eram mais ativas na Igreja acompanhada pela missão, que se localiza na principal rua do centro da cidade, sendo uma das igrejas mais frequentadas da diocese. Um sacerdote da Comunidade realizava a Santa Missa duas vezes por dia, atendia confissões e junto aos consagrados atendimentos de oração e adoração diária além de uma programação específica para cada final de semana, e tudo foi suspenso com o decreto do governo. 

Agora nos adaptamos a nova realidade, duas vezes por semana os missionários rezam o terço pelas redes sociais e a Santa Missa permanece em intercessão por aqueles que não podem estar presentes. A missão também se dedica neste tempo a ligar e conversar com aqueles que vivem sozinhos, confortar os que sofrem com a enfermidade, consolar os que perderam entes queridos e levar uma palavra de esperança para os que desanimam. 

Quantos testemunhos bonitos; ainda primeiros dias da quarentena, um amigo da missão que vive sozinho entrou em contato, ele estava com todos os sintomas do vírus, tinha sido proibido de sair de casa pelo seu médico e precisava fazer suas compras. Os missionários pegaram sua lista, e foram ao supermercado e com os cuidados necessários deixaram na sua porta os suprimentos, o que gerou no seu coração uma profunda gratidão. 

Existe também muitas famílias que ainda não tem os documentos para trabalhar na Espanha, e quando precisam de ajuda sabem que podem contar com a missão.

Por incrível que pareça são nos momentos de dor que aprendemos a valorizar o que realmente importa. Aqui está o sentido cristão das crises, Deus nos permite passar por dificuldades, pois Ele sabe que daquele mal vamos tirar algo muito mais valioso para a Vida Eterna. Como disse São Pedro em sua 1º carta: “A caridade encobre uma multidão de pecados”.

 

 
[google-translator]
 
[ESPANHA]

Palavra Viva e Tarraconenses frente a quarentena

Seguindo o exemplo do nosso patrono São Francisco de Assis, nos colocamos a disposição para ajudar as pessoas a passarem por este momento pela crise causada pelo Corona vírus, da melhor forma possível.

No dia 14 de março o governo espanhol declarou estado de alarme e impôs uma quarentena, obrigando todos os cidadãos a ficarem em casa e saírem somente para comprar suprimentos essenciais, tendo direito a irem somente em supermercados e farmácias. Desde então a Missão em Tarragona, aberta depois de junho de 2015, se colocou à disposição para atender as necessidades de pessoas que estão em torno da missão e principalmente as que eram mais ativas na Igreja acompanhada pela missão, que se localiza na principal rua do centro da cidade, sendo uma das igrejas mais frequentadas da diocese. Um sacerdote da Comunidade realizava a Santa Missa duas vezes por dia, atendia confissões e junto aos consagrados atendimentos de oração e adoração diária além de uma programação específica para cada final de semana, e tudo foi suspenso com o decreto do governo. 

Agora nos adaptamos a nova realidade, duas vezes por semana os missionários rezam o terço pelas redes sociais e a Santa Missa permanece em intercessão por aqueles que não podem estar presentes. A missão também se dedica neste tempo a ligar e conversar com aqueles que vivem sozinhos, confortar os que sofrem com a enfermidade, consolar os que perderam entes queridos e levar uma palavra de esperança para os que desanimam. 

Quantos testemunhos bonitos; ainda primeiros dias da quarentena, um amigo da missão que vive sozinho entrou em contato, ele estava com todos os sintomas do vírus, tinha sido proibido de sair de casa pelo seu médico e precisava fazer suas compras. Os missionários pegaram sua lista, e foram ao supermercado e com os cuidados necessários deixaram na sua porta os suprimentos, o que gerou no seu coração uma profunda gratidão. 

Existe também muitas famílias que ainda não tem os documentos para trabalhar na Espanha, e quando precisam de ajuda sabem que podem contar com a missão.

Por incrível que pareça são nos momentos de dor que aprendemos a valorizar o que realmente importa. Aqui está o sentido cristão das crises, Deus nos permite passar por dificuldades, pois Ele sabe que daquele mal vamos tirar algo muito mais valioso para a Vida Eterna. Como disse São Pedro em sua 1º carta: “A caridade encobre uma multidão de pecados”.