[SUIÇA]

Missão de Lugano:
“é tempo de serviço ao próximo”

A vivência da fé crista, desde o seu início, sempre teve como um dos seus princípios de base o ir ao encontro do outro. O gesto tão simples e, no entanto, tão repleto de sentido o de ajudar os mais necessitados, encontra sua motivação na vida de Jesus. Sendo ele o autor da consagração dos membros deste carisma, ele inspira o coração dos seus em todo o tempo a irem ao encontro das pessoas, mesmo que de modo diferente em um tempo em que grande parte do mundo vive a regra do “distante, mas próximos”. 

                A casa missionária da Comunidade Católica Palavra Viva em Lugano atualmente conta com 14 membros e estudantes de teologia. Todos eles buscam da melhor forma exercer com fidelidade a missão que lhes foi confiada na Suíça. Em tempos normais, os membros se empenham no serviço de formação de jovens e famílias, no acompanhamento pessoal e presencial de quem procura enraizar a sua fé, proporcionam diversos momentos de espiritualidade e celebrações litúrgicas no Convento da Santíssima Trindade, a eles confiado em 2016, animam encontros, retiros e peregrinações com jovens e adultos de diferentes idades, além de um noto serviço de acolhimento de peregrinos em um famoso santuário do Ticino.

                Contudo, apesar de muitas das atividades acima não serem permitidas atualmente, os membros têm desenvolvido vários outros trabalhos que visam ajudar às pessoas a passar por este difícil momento com esperança e confiança, sobretudo aqueles que estão mais solitários em casa por que isolados em quarentena. Todos os dias acontecem momentos de partilha com as pessoas por canais de comunicação, acompanhamento diário pelas mídias sociais, telefone, Skype e outros. Além disso, o atendimento de confissões foi mantido e a igreja do Convento permanece aberta durante todo o dia para favorecer a oração daqueles que podem se achegar até a igreja. Não obstante isso, todos os quatorze membros são empenhados em receber os pedidos de oração das pessoas diariamente para que, como Comunidade, se reze por cada intenção.

                A Comunidade Palavra Viva de Lugano entende que é dever dos consagrados ser um sinal da presença de Deus onde a ausência e a dor muitas vezes são intensas, ser alegria profunda em meio à tristeza aparente. Tantos são os testemunhos deste tempo de serviço. Muitas pessoas ficam profundamente tocadas por terem recebido uma ligação, uma mensagem de conforto e uma palavra de Deus que trouxe vida e esperança aos corações. Os membros da missão de Lugano não deixam de recordar às pessoas que todas as trevas desde mundo, foram e continuam sendo vencidas por aquele que é a eterna luz: Jesus Cristo.  Mais do que antes, é tempo de serviço ao próximo.

 

 
[google-translator]
 
[SUIÇA]

Missão de Lugano:
“é tempo de serviço ao próximo”

A vivência da fé crista, desde o seu início, sempre teve como um dos seus princípios de base o ir ao encontro do outro. O gesto tão simples e, no entanto, tão repleto de sentido o de ajudar os mais necessitados, encontra sua motivação na vida de Jesus. Sendo ele o autor da consagração dos membros deste carisma, ele inspira o coração dos seus em todo o tempo a irem ao encontro das pessoas, mesmo que de modo diferente em um tempo em que grande parte do mundo vive a regra do “distante, mas próximos”. 

                A casa missionária da Comunidade Católica Palavra Viva em Lugano atualmente conta com 14 membros e estudantes de teologia. Todos eles buscam da melhor forma exercer com fidelidade a missão que lhes foi confiada na Suíça. Em tempos normais, os membros se empenham no serviço de formação de jovens e famílias, no acompanhamento pessoal e presencial de quem procura enraizar a sua fé, proporcionam diversos momentos de espiritualidade e celebrações litúrgicas no Convento da Santíssima Trindade, a eles confiado em 2016, animam encontros, retiros e peregrinações com jovens e adultos de diferentes idades, além de um noto serviço de acolhimento de peregrinos em um famoso santuário do Ticino.

                Contudo, apesar de muitas das atividades acima não serem permitidas atualmente, os membros têm desenvolvido vários outros trabalhos que visam ajudar às pessoas a passar por este difícil momento com esperança e confiança, sobretudo aqueles que estão mais solitários em casa por que isolados em quarentena. Todos os dias acontecem momentos de partilha com as pessoas por canais de comunicação, acompanhamento diário pelas mídias sociais, telefone, Skype e outros. Além disso, o atendimento de confissões foi mantido e a igreja do Convento permanece aberta durante todo o dia para favorecer a oração daqueles que podem se achegar até a igreja. Não obstante isso, todos os quatorze membros são empenhados em receber os pedidos de oração das pessoas diariamente para que, como Comunidade, se reze por cada intenção.

                A Comunidade Palavra Viva de Lugano entende que é dever dos consagrados ser um sinal da presença de Deus onde a ausência e a dor muitas vezes são intensas, ser alegria profunda em meio à tristeza aparente. Tantos são os testemunhos deste tempo de serviço. Muitas pessoas ficam profundamente tocadas por terem recebido uma ligação, uma mensagem de conforto e uma palavra de Deus que trouxe vida e esperança aos corações. Os membros da missão de Lugano não deixam de recordar às pessoas que todas as trevas desde mundo, foram e continuam sendo vencidas por aquele que é a eterna luz: Jesus Cristo.  Mais do que antes, é tempo de serviço ao próximo.