[SUIÇA]

Peregrinação à Terra Santa

 

Os membros da Comunidade Católica Palavra Viva presentes na diocese de Lugano/Suíça acompanharam um grupo de peregrinos na viagem à Terra Santa. O grupo foi guiado pelo padre Giorgio Paximad, professor de Bíblia na Faculdade de Teologia de Lugano e diretor do instituto ISCAB, instituto de arqueologia da Faculdade. Os membros da Comunidade auxiliaram durante as liturgias celebradas com os peregrinos e na animação dos cantos durante as celebrações.

A peregrinação se concentrou nos locais ao sul de Israel, passando por cidades importantes e sítios arqueológicos como Jericó, a depressão do Mar Morto, além do oásis Em Gedi (local onde o rei Davi se escondeu de Saul antes de se tornar rei de Israel), Tel Arad, Tel Beer Sheva (cidade de Abraão), Avdat e Massada e outros locais importantes para a arqueologia bíblica, como o deserto de Judá e alguns templos cristãos dos primeiros séculos encontrados nessas cidades.

A peregrinação encontrou o seu cume na viagem para Belém e Jerusalém. Em Belém os peregrinos puderam celebrar a missa onde Jesus nasceu; Em Jerusalém, permaneceram 4 dias visitando os locais santos: O Santo Sepulcro, o Calvário, o Monte das Oliveiras, o Cenáculo, o monte da Ascensão de Jesus, a basílica da dormição da Virgem Maria, entre outros locais como o Muro das Lamentações e outros onde aconteceram grandes milagres descritos nos Evangelhos.