[BELO HORIZONTE]

Um cristão pode fazer tatuagem?

 

Deus em sua infinita bondade criou o ser humano por amor e para o amor.

Por causa do pecado original foi inserido na capacidade do homem de amar, uma idolatria, fazendo assim que os relacionamentos sejam marcados por uma tendência de senhor/escravo.

Quando essa dicotomia cresce sem controle torna-se o chamado sadomasoquismo.

E esta é a cultura por trás de praticas com a tatuagem e o piercing.

Isoladamente a tatuagem não é considerada intrinsecamente um ato mau, porém é necessário analisar o conjunto, o contexto em que ela é empregada.

O contexto da tatuagem na cultura ocidental, que é de matriz cristã, é uma atitude de revolta, desejando romper com os parâmetros tradicionais e se inventar um novo jeito de amar todo marcado pelo sadomasoquismo, além de se observar também uma atitude de dessacralização e profanação do nosso corpo que é o Templo de Deus.

A pessoa entra então, numa espécie de declive espiritual, degradando assim, sua capacidade de amar devido ao erotismo exacerbado em que é inserida.

Pensando nisso as consagradas da comunidade Católica Palavra Viva, se reuniram com os jovens da cidade de Belo Horizonte – MG, no grupo chamado ‘’metanoia’’, com o objetivo de  instruir e formar a consciência de cada um diante deste tema que muitas vezes nos põe em grande dúvida.

Mas e aí…  Um cristão pode ou não pode fazer tatuagem?

A resposta é muito simples: depende da atitude espiritual que está por trás de tal ato!

Mas vale lembrar!

Nosso corpo a maior obra da criação Divina, irá ressuscitar e entrar no céu. Onde estará em união com o Senhor para sempre.

 

[justified_image_grid ids”20796,20795,20794,20793,20792,20791,20790″]