[Avignon - Saint Gens]

Vigília de Pentecostes em Saint Gens

“O amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo seu Espírito que habita em nós, aleluia! ” (cf. Rm 5,10,11)

Reza a tradição eclesial que a Vigília de Pentecostes é uma das mais especiais celebrações da Santa Igreja Católica. Como na vigília pascal, administrava-se o batismo unido à crisma. Se a noite pascal dava mais ocasião para acentuar o batismo – morrer e ressuscitar com Cristo, – o tema pentecostal refere-se, antes, ao dom do Espírito, relacionado com a crisma. Por isso, esta vigília é a oportunidade ideal para a crisma ou, pelo menos, para um retiro dos jovens que conscientemente vão assumir a vida no Espírito Santo.

O que é Pentecostes? Em Pentecostes toda a Igreja renova a cena do “Cenáculo”. Cenáculo idealmente ligado ao de Jerusalém onde, há quase dois mil anos, se verificou a primeira prodigiosa efusão do Espírito Santo sobre os Apóstolos e Maria Santíssima. Naquele dia nasceu a Igreja una, santa, católica e apostólica. Una, porque é tornada mistério de comunhão pelo Espírito, ícone da Santíssima Trindade na terra; Santa, porque o Espírito conserva nos seus membros a santidade de Cristo Cabeça; Católica, porque o Espírito a estimula a anunciar a todos os povos o único Evangelho da salvação; Apostólica, porque através do ministério dos Apóstolos e dos seus sucessores, o Espírito a orienta pelas veredas da história.

A cerca de três anos os consagrados da comunidade Católica Palavra Viva realizaram a primeira vigília de pentecostes no Santuário de Saint Gens, diocese de Avignon – sudeste da França, desde então a cada ano aumenta o número de pessoas que participam desta vigília. Uma noite marcada por: momentos de orações, louvores e confraternização. Neste ano foi feita uma noite dedicada aos doze frutos do Espírito Santo: Caridade, alegria, paz, paciência, longanimidade, Bondade, Benignidade, Mansidão, Fidelidade, Modéstia, Continência e Castidade.

O evento contou com a presença de cerca de setenta pessoas, entre elas famílias, jovens e crianças, onde através da oração uns intercederam pelos outros para que assim todos pudessem experimentar a força do Espírito Santo e receber os dons necessários para a missão de cada um e assim leva-los rumo ao céu.

 

 
[google-translator]
 
[Avignon - Saint Gens]

Vigília de Pentecostes em Saint Gens

“O amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo seu Espírito que habita em nós, aleluia! ” (cf. Rm 5,10,11)

Reza a tradição eclesial que a Vigília de Pentecostes é uma das mais especiais celebrações da Santa Igreja Católica. Como na vigília pascal, administrava-se o batismo unido à crisma. Se a noite pascal dava mais ocasião para acentuar o batismo – morrer e ressuscitar com Cristo, – o tema pentecostal refere-se, antes, ao dom do Espírito, relacionado com a crisma. Por isso, esta vigília é a oportunidade ideal para a crisma ou, pelo menos, para um retiro dos jovens que conscientemente vão assumir a vida no Espírito Santo.

O que é Pentecostes? Em Pentecostes toda a Igreja renova a cena do “Cenáculo”. Cenáculo idealmente ligado ao de Jerusalém onde, há quase dois mil anos, se verificou a primeira prodigiosa efusão do Espírito Santo sobre os Apóstolos e Maria Santíssima. Naquele dia nasceu a Igreja una, santa, católica e apostólica. Una, porque é tornada mistério de comunhão pelo Espírito, ícone da Santíssima Trindade na terra; Santa, porque o Espírito conserva nos seus membros a santidade de Cristo Cabeça; Católica, porque o Espírito a estimula a anunciar a todos os povos o único Evangelho da salvação; Apostólica, porque através do ministério dos Apóstolos e dos seus sucessores, o Espírito a orienta pelas veredas da história.

A cerca de três anos os consagrados da comunidade Católica Palavra Viva realizaram a primeira vigília de pentecostes no Santuário de Saint Gens, diocese de Avignon – sudeste da França, desde então a cada ano aumenta o número de pessoas que participam desta vigília. Uma noite marcada por: momentos de orações, louvores e confraternização. Neste ano foi feita uma noite dedicada aos doze frutos do Espírito Santo: Caridade, alegria, paz, paciência, longanimidade, Bondade, Benignidade, Mansidão, Fidelidade, Modéstia, Continência e Castidade.

O evento contou com a presença de cerca de setenta pessoas, entre elas famílias, jovens e crianças, onde através da oração uns intercederam pelos outros para que assim todos pudessem experimentar a força do Espírito Santo e receber os dons necessários para a missão de cada um e assim leva-los rumo ao céu.