Ordenação Diaconal de Renato Muniz da Silva

“Consagrou-me para levar a boa nova aos humildes”, Is 61

Pouco após a comemorar um mês de acolhimento na diocese de Mogi das Cruzes, em São Paulo, ao dia 04 de Setembro a Comunidade Católica Palavra Viva foi cumulada com mais uma graça, a ordenação diaconal de Renato Muniz da Silva, consagrado na Comunidade Palavra Viva. A ordenação diaconal foi celebrada na Catedral de Santa Ana, em Mogi das Cruzes, e pode ser acompanhada ao vivo pelo Canal da Comunidade no youtube, onde amigos da comunidade e do diácono Renato, participaram de diversas localidades do Brasil e de outros países, em especial da Suíça onde o diácono Renato realizou a maior parte da sua formação em preparação para o diaconato.

O Diácono Renato recebeu das mãos de Dom Pedro Luiz, bispo da diocese de Mogi das cruzes, após o acompanhamento de Dom Marc Aillet Bispo de Bayonne na França, a ordenação diaconal que contou com a presença de inúmeros membros da Comunidade Católica Palavra Viva que celebram o ano jubilar de 25 anos de fundação, assim como o fundador da Comunidade, Alysson Norberto,  cofundadores, membros do Conselho Geral Palavra Viva, sacerdotes da diocese de Mogi das cruzes e a comunidade de fiéis, amigos e familiares do diácono.

Integra da Ordenação Diaconal de Renato Muniz da Silva.

Consagrou-me para levar a boa nova aos humildes”, Is 61. Eis o lema escolhido pelo Diácono Renato para sua ordenação.  Na homilia o bispo diocesano evocou o caráter imanente do diaconato, ou seja, o serviço, que é representado na liturgia pela estola que agora acompanha o novo diácono, evocando também a importância do amor no exercício do serviço ao próximo e a Igreja: “Amor e serviço são como que mãos entrelaçadas, a da espiritualidade e a das boas obras, é a fé agindo pela caridade, pois a fé sem as obras é morte”. 

Dom Pedro Luiz ressaltou a importância dos múnus da igreja, particularmente concedido aos ministros ordenados, múnus de ensinar, santificar e governar que acompanharam o novo diácono na sua missão e vocação atualizando a missão do Cristo, Mestre, Sacerdote e Pastor. Aos exemplos dos primeiros diáconos, o bispo encorajou o novo diácono às virtudes, no serviço à Palavra, à Eucaristia e aos pobres. 

Suplicamos à Virgem Santíssima a intercessão pela vida e ministério do Diácono Renato pela sua vocação e pelos jovens do mundo inteiro que são chamados ao serviço a Jesus Cristo, serviço à Igreja e serviço aos irmãos na vocação sacerdotal.

Ordenação Diaconal de Renato Muniz da Silva

“Consagrou-me para levar a boa nova aos humildes”, Is 61

Pouco após a comemorar um mês de acolhimento na diocese de Mogi das Cruzes, em São Paulo, ao dia 04 de Setembro a Comunidade Católica Palavra Viva foi cumulada com mais uma graça, a ordenação diaconal de Renato Muniz da Silva, consagrado na Comunidade Palavra Viva. A ordenação diaconal foi celebrada na Catedral de Santa Ana, em Mogi das Cruzes, e pode ser acompanhada ao vivo pelo Canal da Comunidade no youtube, onde amigos da comunidade e do diácono Renato, participaram de diversas localidades do Brasil e de outros países, em especial da Suíça onde o diácono Renato realizou a maior parte da sua formação em preparação para o diaconato.

O Diácono Renato recebeu das mãos de Dom Pedro Luiz, bispo da diocese de Mogi das cruzes, após o acompanhamento de Dom Marc Aillet Bispo de Bayonne na França, a ordenação diaconal que contou com a presença de inúmeros membros da Comunidade Católica Palavra Viva que celebram o ano jubilar de 25 anos de fundação, assim como o fundador da Comunidade, Alysson Norberto,  cofundadores, membros do Conselho Geral Palavra Viva, sacerdotes da diocese de Mogi das cruzes e a comunidade de fiéis, amigos e familiares do diácono.

Integra da Ordenação Diaconal de Renato Muniz da Silva.

Consagrou-me para levar a boa nova aos humildes”, Is 61. Eis o lema escolhido pelo Diácono Renato para sua ordenação.  Na homilia o bispo diocesano evocou o caráter imanente do diaconato, ou seja, o serviço, que é representado na liturgia pela estola que agora acompanha o novo diácono, evocando também a importância do amor no exercício do serviço ao próximo e a Igreja: “Amor e serviço são como que mãos entrelaçadas, a da espiritualidade e a das boas obras, é a fé agindo pela caridade, pois a fé sem as obras é morte”. 

Dom Pedro Luiz ressaltou a importância dos múnus da igreja, particularmente concedido aos ministros ordenados, múnus de ensinar, santificar e governar que acompanharam o novo diácono na sua missão e vocação atualizando a missão do Cristo, Mestre, Sacerdote e Pastor. Aos exemplos dos primeiros diáconos, o bispo encorajou o novo diácono às virtudes, no serviço à Palavra, à Eucaristia e aos pobres. 

Suplicamos à Virgem Santíssima a intercessão pela vida e ministério do Diácono Renato pela sua vocação e pelos jovens do mundo inteiro que são chamados ao serviço a Jesus Cristo, serviço à Igreja e serviço aos irmãos na vocação sacerdotal.